Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Estradas têm trânsito pesado na saída para o feriado prolongado

Imigrantes tem lentidão na altura do pedágio; Castelo tem 15 km de lentidão devido à carreta tombada

Elvis Pereira, do estadao.com.br,

11 de outubro de 2007 | 17h29

O trânsito nas principais estradas de São Paulo começou a ficar intenso por volta das 17 horas desta quinta-feira, 11, véspera de feriado prolongado. No sistema Anchieta-Imigrantes, o aumento do volume de veículos fez a Ecovias adotar, às 15h30, o esquema 7 por 3 - com sete pistas para quem vai para a Baixada Santista e três no sentido capital.   Veja também: O que abre e o que fecha no feriado de 12 de outubro em SP  Saída para o feriado provoca 174 km de lentidão em SP Motorista deve evitar saída para o feriado a partir das 14 horas Litoral deve ter chuva e capital tem máxima de 34º no feriado Sabesp alerta para possível racionamento de água no litoral Ao vivo: sistema Castelo Branco-Raposo Tavares Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral    Às 16h30, o sistema acumulava dois pontos de congestionamento no sentido litoral: na Rodovia Imigrantes, entre os km 12 (praça de pedágio) e 32, na região de Planalto, em São Bernardo do Campo; e na Cônego Domenico Rangoni, do km 273 ao 262, em Cubatão. Entre zero e 16 horas, 48.282 veículos passaram pelo sistema rumo ao litoral, sendo 8.111 deles na última hora.   O motorista que seguia para o interior do Estado também já se deparava com trânsito pesado, segundo a Polícia Militar Rodoviária. Até às 16h50, as rodovias Anhangüera e Bandeirantes apresentavam pontos de lentidão apenas na chegada à capital paulista.   A Castelo Branco, no entanto, possuía 15 km de lentidão no sentido interior, por conta de um tombamento de um carreta, que transportava produtos corrosivos, na altura do km 50, na região de Araçariguama. O trecho ficou interditado entre 14 e 16h22, mas o acidente não deixou feridos. No sentido contrário da rodovia, havia 3 km de lentidão no acesso a São Paulo, em razão do excesso de veículos.   A Rodovia Ayrton Senna reunia 12 km de lentidão a partir do km 11, na saída da capital. Na Rodovia Presidente Dutra, o problema era a chegada à capital paulista, onde eram registrados dois pontos de trânsito ruim, nas pistas expressa e marginal.   No trecho fluminense da Dutra, uma carreta, um ônibus e um veículo de passeio se envolveram em um acidente por volta das 15h30, na altura do 174, em Nova Iguaçu. Pelo menos duas pessoas ficaram feridas. A pista foi parcialmente bloqueada, causando 5 km de lentidão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.