Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Estradas paulistas recebem 4 milhões de veículos no feriado da República

Somente pelas rodovias estaduais concedidas, 1,7 milhão de veículos devem deixar a capital, a partir das 11 horas desta quinta-feira, 14; previsão é de que o tráfego continue carregado até 18 horas do feriado

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

14 de novembro de 2019 | 08h52

SOROCABA – Ao menos 4 milhões de carros pegam a estrada a partir desta quinta-feira, 14, com destino ao litoral e ao interior de São Paulo, em razão do fim de semana prolongado pelo feriado da Proclamação da República. Somente pelas rodovias estaduais concedidas, 1,7 milhão de veículos devem deixar a capital, a partir das 11 horas desta quinta-feira, 14. Outros 2,3 milhões usarão rodovias federais e estaduais não concedidas. A previsão é de que o tráfego continue carregado até 18 horas do feriado, celebrado nesta sexta-feira, 15.

Quem vai viajar para o litoral norte, precisa levar em conta que a Rodovia dos Tamoios pode ser interditada em caso de chuva intensa. A estrada é bloqueada no trecho de serra toda vez que as chuvas atingem 100 milímetros no período de 72 horas. Nesta quarta-feira, 13, de manhã, já havia risco de interdição, depois de terem se acumulado 89 milímetros de chuva no trecho mais crítico.

A concessionária espera 137 mil veículos descendo a serra, no sentido de Caraguatatuba. O motorista deve estar atento às condições climáticas e aos avisos da concessionária em rede social.

No sistema Anchieta-Imigrantes, principal acesso às praias da Baixada Santista e litoral sul, a previsão é de trafegar entre 250 mil e 380 mil veículos no sentido do litoral. A concessionária deve adotar a Operação Descida, com sete faixas para o litoral e três em direção à capital, a partir das 11 horas desta quinta. A operação pode ser mantida até o fim da tarde de sexta.

Motoristas que se deslocam entre o interior e a Baixada Santista devem usar o trecho sul do Rodoanel, evitando a área urbana de São Paulo, que pode ter trânsito congestionado devido aos eventos da Fórmula 1, de sexta a domingo, em Interlagos, na zona sul.

Interior

Em direção ao interior, o trânsito mais volumoso é esperado no sistema Anhanguera-Bandeirantes – 720 mil veículos passam pelo trecho entre a capital e Campinas, com pico das 13h às 21h de quinta, e das 8h às 14h de sexta. No sistema Castelo-Raposo vão passar 556 mil veículos.

Por ser feriado, haverá restrição de tráfego para caminhões, nesta sexta-feira, 15, nas rodovias Castelo Branco, entre Sorocaba e São Paulo, e na Bandeirantes, de Jundiaí à capital.

Entre as vias federais, o tráfego mais intenso está previsto na Fernão Dias – entre 800 mil e 1 milhão de veículos. A rodovia Régis Bittencourt deve receber 640 mil veículos na saída do feriadão. O movimento maior, segundo a concessionária, será entre as 16 e 22 horas desta quinta, 14. Os motoristas devem ficar atentos: um viaduto, no km 508,8, em Cajati, foi interditado para obras e o tráfego flui por um desvio.

Na Dutra, são esperados 572 mil veículos durante todo o feriado, com pico entre 17 e 21 horas de quinta-feira, no sentido do Rio de Janeiro. Conforme a concessionária, 58 equipamentos fixos de controle de velocidade em operação vão dar apoio à fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) com o uso de equipamentos móveis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.