Estradas paulistas devem receber 1,9 milhão de carros durante o feriado

Horários mais movimentados devem ser das 16h às 23h de sexta e das 7h às 15h de sábado

Fabiana Marchezi, Central de Notícias

02 de setembro de 2010 | 13h53

SÃO PAULO - Cerca de 1,9 milhão de carros devem circular pelas estradas do interior e litoral do Estado de São Paulo durante os quatro dias do feriado prolongado da Independência. O número representa um aumento de 14% em relação ao mesmo feriado do ano passado.

 

De acordo com a Secretaria Estadual dos Transportes, que prepara a Operação Independência, o maior fluxo de veículos deverá ser registrado nas estradas que levam ao litoral. Neste feriado, os motoristas devem ficar atentos às novas exigências do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que estabelece a utilização de equipamentos de segurança no transporte de crianças.

 

A operação contará com um esquema especial para garantir segurança e conforto aos usuários dos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais de São Paulo. Neste feriado, a fiscalização das estradas - que contam com equipamentos como telefones para pronto atendimento e viaturas - ficará a cargo de mais de 6 mil homens.

 

Na saída para o feriado, os horários mais movimentados devem ser das 16h às 23h da sexta-feira, 3, e das 7h às 15h do sábado, 4. Na volta, o pico deve ocorrer das 15h às 22h de terça-feira, 7.

 

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e as concessionárias estarão de prontidão para atender os usuários com viaturas de inspeção, guinchos, ambulâncias, veículos de apoio e motos para socorro. Para a fiscalização, os policiais rodoviários empregarão cerca de mil viaturas (carros e motos), binóculos (para infrações em movimento, principalmente de motociclistas), além de 100 bafômetros.

 

Como em outras operações especiais, e com o objetivo de reduzir o número de acidentes e de vítimas, os policiais darão atenção especial à fiscalização do consumo de bebidas alcoólicas (ou de substâncias de efeitos análogos) nas Operações Direção Segura (ODS) promovidas por toda a Polícia Militar do Estado de São Paulo, nas fiscalizações de rotina e nos atendimentos de eventuais acidentes de trânsito.

 

A polícia alerta mais uma vez que o motorista flagrado dirigindo sob a influência de álcool será penalizado com multa de R$ 957,70, retenção do veículo e suspensão do direito de dirigir por 12 meses, além de responder criminalmente por sua conduta, dependendo das circunstâncias, com detenção de seis meses a três anos.

 

Operação Estrada em SP. Será implantada durante o feriado um esquema especial de trânsito, a Operação Estrada. A operação saída será realizada na sexta-feira, 3, no período da tarde, e no sábado, 4, nos períodos da manhã e da tarde. A operação retorno à cidade será implantado na terça-feira, 7, no período da tarde, e na quarta-feira, 8, no período da manhã.

 

A Operação Estrada, realizada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), tem como objetivo garantir segurança, fluidez e mobilidade dos motoristas e pedestres, mesmo considerando o grande aumento do fluxo de veículos, especialmente nos acessos e chegadas das rodovias.

 

Caminhões.  Está proibida a circulação de caminhões de segunda a sexta-feira, das 5h às 21h e aos sábados das 10h às 14h, exceto feriados, na Marginal do Pinheiros (entre a as pontes do Jaguaré e do Morumbi) e nas avenidas dos Bandeirantes, Afonso D'Escragnole Taunay e Jornalista Roberto Marinho.

Mais conteúdo sobre:
feriado7 de Setembroestradas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.