DER
DER

Estradas para o litoral serão fiscalizadas por drone

Dispositivos vão monitorar o fluxo de veículos em rodovias como a Mogi-Bertioga e Rio-Santos; 5 milhões devem viajar durante as festas de fim de ano

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2019 | 13h00

SOROCABA - Pela primeira vez, as estradas de acesso ao litoral de São Paulo serão fiscalizadas por drones durante as festas de fim de ano, quando o fluxo de veículos aumenta. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e a Agência de Transportes do Estado (Artesp) estimam que 5 milhões de veículos peguem a estrada entre a véspera do Natal e o dia 5 de janeiro, após o ano-novo.

Adquiridos pela Secretaria Estadual de Logística e Transportes, os primeiros quatro drones estão em operação desde segunda-feira, 16, em rodovias como a Mogi-Bertioga e a Rio-Santos. Só pela Rio-Santos devem passar 1,3 milhão de veículos durante as festas.

De acordo com o secretário João Octaviano Machado Neto, os aparelhos irão ajudar na operação do tráfego, acompanhando do alto o fluxo de veículos em trechos críticos.

"Os aparelhos são conectados às nossas bases móveis, ao centro de controle de operações do DER e à Polícia Rodoviária, fornecendo imagens que possibilitam uma resposta mais rápida em caso de acidentes, interdição de pista ou excesso de veículos. Podem orientar, por exemplo, a inversão de fluxo, liberação de acostamento ou faixa extra, bem como a remoção de obstáculos", explicou. 

As imagens serão usadas também para alimentar os painéis eletrônicos com mensagens aos usuários instalados nas rodovias.

Os drones não serão empregados para aplicar multas, mas podem ajudar a fiscalização em caso de infrações de trânsito.

"Se as imagens mostram que está havendo fuga pelo acostamento, por exemplo, o policiamento rodoviário será acionado", disse.

Conforme o secretário, os equipamentos serão usados também para auxiliar a operação das balsas entre São Sebastião e Ilhabela, no litoral norte. 

"Estamos começando com esses quatro, mas o plano é adquirir mais aparelhos conforme a necessidade."

As informações colhidas pelos drones serão compartilhadas com os usuários através de aplicativos e redes sociais. A expectativa é de que ajudem o motorista a programar a viagem, evitando os trechos e horários com mais congestionamento.

O uso de drone em fiscalização de estrada foi testado pelo DER em junho, na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), acesso a Campos do Jordão. A cidade recebe grande fluxo de turistas durante o inverno. Na época, o aparelho ajudou até no socorro a vítimas de um acidente, mostrando o local exato e o melhor acesso.

Saída

Em algumas rodovias, o aumento no tráfego começa já nesta sexta-feira, 20. A concessionária da Rodovia Presidente Dutra, principal ligação entre São Paulo e Rio de Janeiro, prevê a circulação de 1 milhão de veículos na estrada, entre o Natal e ano-novo. O movimento aumenta a partir das 17 horas de sexta.

A Régis Bittencourt deve receber 2,6 milhões de carros no mesmo período.

No Sistema Anhanguera-Bandeirantes, que liga a capital ao interior, a previsão é de 1 milhão de veículos circulando a partir das 15h e até 19h horas. No sábado, o tráfego mais intenso será das 8h às 16h.

No sistema Castelo-Raposo, por onde devem passar 822 mil veículos, a previsão é de muito trânsito das 12h às 21h de sexta e das 6h às 14h de sábado. 

Já na Tamoios, principal acesso ao litoral norte, 518 mil veículos devem circular no período de festas. A partir das 13 horas de sexta-feira, haverá faixa adicional no trecho de serra, em direção a Caraguatatuba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.