Estradas de São Paulo têm tráfego intenso na tarde de feriado

Dutra registra 23 km de congestionamento por causa de uma obra na altura de Guaratinguetá

Gheisa Lessa, O Estado de S. Paulo

15 de novembro de 2012 | 17h26

SÃO PAULO - As estradas paulistas têm tráfego intenso na tarde desta quinta-feira, 15, feriado da Proclamação da República. Um acidente entre um ônibus e um caminhão causou uma morte na rodovia Fernão Dias, no sul de Minas Gerais. Na Rodovia Presidente Dutra, há 23 km de congestionamento por conta de uma obra que restringe a via na região de Guaratinguetá. As demais rodovias que interligam a capital ao interior do Estado e à Baixada Fluminense têm excesso de veículos, mas sem pontos de parada.

Fernão Dias. Uma pessoa morreu e outras quatro ficaram feridas em um acidente na Rodovia Fernão Dias, região de Lavras, no sul de Minas Gerais. Uma colisão traseira entre um ônibus e um caminhão fez com que o coletivo tombasse. O tráfego ficou parcialmente bloqueado, de acordo com a Autopista, mas não causou filas.

Dutra. Na Rodovia Presidente Dutra, há congestionamento na região de Guaratinguetá em razão de uma obra num viaduto no km 64. De acordo com a CCR Nova Dutra, as filas ocupam 23 km da estrada, entre o km 87 e o km 64, no sentido Rio de Janeiro. O motorista que segue no sentido capital paulista reduz a velocidade no trecho entre o km 61 e o km 63, por reflexo da obra.

A previsão da concessionária para a tarde desta quinta é de que 6 mil veículos trafeguem pela rodovia a cada hora. No restante da Dutra, o tráfego é intenso, mas sem pontos de parada.

Régis. Há 16 km de filas no sentido Curitiba da Rodovia Régis Bittencourt. O motorista enfrenta lentidão na região de Campina Grande do Sul, devido a obras de recuperação da ponte sobre a Represa Capivari, que restringem o tráfego no km 43, de acordo com a Autopista. O congestionamento está concentrado entre o km 47 e o km 44, no sentido São Paulo, e entre o km 42 e o km 26, no sentido Curitiba.

Anchieta-Imigrantes. A descida da serra para a Baixada Santista também é tranquila, de acordo com a Ecovias. Até às 16h desta quinta mais de 155 mil veículos deixaram a capital por rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. Nenhum acidente foi registrado desde que foi implantada a Operação Descida, às 0h da última quarta.

O motorista enfrentou congestionamento apenas na Rodovia dos Imigrantes, por volta da 1h desta quinta no sentido litoral. As filas ficaram concentradas entre o km 40 e o km 43 da via. Segundo a Ecovias, o excesso de veículos em função do feriado prolongado causou a lentidão.

De acordo com a concessionária, na última hora, 6.304 veículos seguiram rumo ao litoral e 1.469 veículos passaram pelas rodovias no sentido capital paulista.

Castelo Branco/Raposo Tavares. Uma carreta caiu de uma ribanceira na altura do km 71 da Rodovia Castelo Branco, próximo à cidade de Itu, no interior paulista. Nenhuma pessoa ficou ferida, de acordo com a concessionária Via Oeste. O acidente, porém, exigiu a interdição de duas faixas da rodovia para o resgate. Mesmo com o bloqueio não houve acúmulo de veículos.

Desde as 12h da última quarta até as 0h desta quinta, 123 mil veículos passaram pelas estradas da concessão. Um novo boletim será divulgado às 20h, mas a Via Oeste adianta que 98 mil veículos devem passar pelas estradas ao longo desta quinta.

A concessionária explicou que, apesar de o tráfego de veículos estar acima do previsto, ausência de grandes pontos de lentidão aconteceu porque motoristas saíram de suas casas em horários diferentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.