Estatísticas de roubos na capital são divergentes

SSP registrou 86 casos no primeiro semestre, já a Federação dos Bancos contabilizou 88

Josmar Jozino - Jornal da Tarde,

15 de outubro de 2010 | 09h26

SÃO PAULO - Os números de roubos a bancos na capital são divergentes. As estatísticas da Secretaria da Segurança Pública (SSP) apontam 86 casos no primeiro semestre de 2010, aumento de 13% em comparação aos 76 casos em igual período de 2009. Os dados do terceiro trimestre não foram divulgados.

 

Veja também:

link Em nove meses, ladrões levam R$ 10 mi de bancos

link Assaltos a bancos causaram 18 mortes no País em 2010

link Fraudes bancárias preocupam mais, diz coronel

 

Já a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) contabilizou 88 roubos no primeiro semestre deste ano na capital e 75 em igual período de 2009 (aumento de 17%). A Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos, do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), ainda não tem uma estatística oficial.

 

O delegado titular, Maurício Druziani, disse que assumiu o cargo há pouco mais de um mês e sua equipe ainda não tinha os números oficiais. "Estamos fazendo essa análise. Não recebemos informações de alguns roubos registrados em distritos policiais. Em outros casos, houve tentativas de assalto, mas as ocorrências foram registradas como roubo consumado", explicou.

 

Com base no livro de registros da Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos, onde as ocorrências são anotadas à caneta, a equipe de Druziani fez um levantamento preliminar e computou 82 assaltos na capital de janeiro a setembro deste ano. Druziani e a Febraban não divulgam os valores roubados. Antes da troca de comando, a Delegacia de Repressão a Roubo a Bancos tinha 50 investigadores e três delegados, que acumulavam a função de investigar o crime organizado.

 

A delegacia tem hoje 23 investigadores e dois delegados. Druziani disse que a redução ocorreu porque há menos roubos a bancos. Nos anos 90, pelo menos 30 agências eram atacadas por dia. Em 2005, quando a SSP passou a divulgar as estatísticas desse tipo de crime, foram 243 roubos na capital, contra 171 em 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
assaltosbancos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.