'Estamos no rumo certo', diz Alckmin sobre criminalidade

Estatísticas mostraram aumento no número de roubos registrados no Estado pelo 14º mês consecutivo; crimes contra a vida diminuíram

Marco Antônio Carvalho, Especial para O Estado

26 Agosto 2014 | 15h39

SÃO PAULO - O governador Geraldo Alckmin (PSDB) comentou nesta terça-feira, 26, as estatísticas de criminalidade divulgadas na segunda pela Secretaria de Segurança Pública. "Estamos no rumo certo. Primeiro é preciso transparência total", disse.

Os números mostraram aumento na quantidade de roubos registrados no Estado pelo 14º mês consecutivo. O governador justificou os dados alegando que houve queda na subnotificação dos casos já que o registro online se tornou mais acessível. Mas ponderou: "todo o trabalho está sendo feito. Há um conjunto de medidas para se colocar mais polícia na rua."

Alckmin comemorou o resultou de outros indicadores que apresentaram redução. Ele destacou a queda de números de crimes contra a vida, como homicídio e latrocínio, no comparativo entre os sete primeiros meses desse ano e do ano passado.

Ressaltou também a diminuição de furtos de veículo e furtos totais na comparação entre julho de 2013 e julho de 2014. "Temos nove indicadores. É impossível que todos caiam simultaneamente", disse.

Alckmin reiterou ainda a importância da divulgação mensal dos dados. "Estatística não é para se vangloriar. É para orientar o trabalho da polícia. Antes a divulgação era trimestral, agora é mensal", disse.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Geraldo Alckmin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.