Estado vai criar cargo de agente de escolta

O governo do Estado de São Paulo pretende criar o cargo de agente de escolta de presos. O objetivo é liberar policiais militares que fazem a segurança em remoções e locomoções de detentos para fóruns. "Vamos criar cargos e fazer concurso para liberar a PM", disse ontem o governador Geraldo Alckmin (PSDB). Ainda não há data para o concurso, mas a expectativa é que sejam criadas mil vagas. Em 2002, todos os PMs que faziam a vigilância nas muralhas das penitenciárias foram substituídos por agentes concursados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.