Ernesto Rodrigues/AE
Ernesto Rodrigues/AE

Estado retoma posse do prédio do Hospital Sorocabana, na Lapa

Prédio deverá ser cedido pelo Estado à Prefeitura para abrigar novo hospital

Márcio Pinho , O Estado de S.Paulo

05 Outubro 2011 | 03h01

O governo do Estado ganhou de volta ontem a posse do prédio que abrigava o antigo Hospital Sorocabana, na Lapa, zona oeste. Uma oficial de Justiça compareceu ao edifício após decisão judicial que ordenou a saída de médicos e dentistas terceirizados do local - e fechou o estacionamento. O prédio deverá ser cedido pelo Estado à Prefeitura para abrigar novo hospital.

A Justiça determinou que continue funcionando apenas o setor de hemodiálise, que atende 99 pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A Prefeitura e o governo estadual afirmam que o atendimento será mantido e que, no futuro, os pacientes poderão ser transferidos.

O Sorocabana foi inaugurado em 1955. Com 200 leitos, hoje abandonados, chegou a atender 20 mil pacientes por mês. Em 2009, a Prefeitura fez uma auditoria que apontou várias irregularidades na administração. A Associação Beneficente dos Hospitais Sorocabana (ABHS) tinha dívidas e acabou fechando o hospital em setembro de 2010.

O governo do Estado afirma que o local havia sido cedido para a associação com a condição de que ali funcionasse um hospital. Como isso parou de ocorrer - e temendo prejuízos, além de uma pendenga judicial por causa das dívidas da associação - o Estado decidiu ir à Justiça buscar a reintegração de posse. A ABHS não foi encontrada para comentar a decisão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.