Estado quer trecho norte do Ferroanel pronto até 2015

O governo estadual quer auxiliar autoridades federais no processo de licenciamento e na execução do projeto executivo do Ferroanel Metropolitano - conjunto de trilhos para trens de carga que deverá circundar a Grande São Paulo. A expectativa é de que, com isso, obras sejam adiantadas em pelo menos um ano.

O Estado de S.Paulo

07 de novembro de 2012 | 02h05

Prometido há mais de 10 anos e incorporado ao pacote de logística de R$ 133 bilhões anunciado pela presidente Dilma Roussef em agosto, o Ferroanel deverá ter as obras iniciadas em abril, segundo o ministro dos Transportes, Paulo Passos.

O secretário estadual de Transportes, Saulo de Castro, porém, afirmou que fez a proposta a Passos para que o governo do Estado ajude na parte burocrática antes do início das obras - que, quando prontas, vão permitir que a rede da CPTM dentro da capital seja usada apenas para passageiros. "Vamos começar a construir o Rodoanel Norte no fim deste ano ou no começo do próximo. O ideal é conseguirmos fazer os dois projetos simultaneamente, para ganharmos em escala e logística. A obra vai sair mais barata e em um espaço de tempo muito mais curto." Segundo ele, o ministro foi receptivo à ideia e o assunto deverá ser decidido em duas semanas, após novas reuniões. / R.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.