Estado faz blitz antiálcool em universidades

Fiscalização começou ao meio-dia desta sexta e está prevista para terminar à meia-noite de domingo

Paula Felix, O Estado de S. Paulo

06 Março 2015 | 22h38

A venda de bebidas alcoólicas para menores de idade é alvo desde esta sexta-feira, 6, de uma ação realizada em bares, mercados e lojas de conveniência no entorno de universidades, em todo o Estado, pela Secretaria da Saúde. A fiscalização da Lei Antiálcool para menores, em vigor desde 2011, começou ao meio-dia desta sexta e está prevista para terminar à meia-noite de domingo. O balanço deverá ser divulgado na segunda-feira.

No início da tarde desta sexta, a diretora do Centro de Vigilância Sanitária Estadual, Maria Cristina Megid, visitou bares na região da Universidade Presbiteriana Mackenzie, na Consolação, região central. Durante a fiscalização, dois estabelecimentos apresentaram irregularidades. Um não tinha sinalização sobre a proibição da venda de bebidas para menores e o outro descumpriu a Lei Antifumo. Os dois foram autuados.

“O que nos preocupa é que, apesar de estarmos em uma área de universitários, eles são extremamente jovens e têm um consumo de álcool que nos parece ser sem muito controle. A gente tem de estar presente nessa fiscalização para mostrar que o Estado está preocupado com isso e a gente vai pegar os infratores.” Desde 2011, foram aplicadas 2.051 multas.

Mais conteúdo sobre:
São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.