Estado deve indenizar baleados em escola

O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a decisão da 3.ª Vara Judicial de Jaboticabal, que condenou o Estado a pagar indenizações às seis vítimas de um ataque ocorrido em 2003 em uma escola estadual em Taiuva, no interior paulista. Na ocasião, ex-aluno invadiu a unidade e atirou contra cinco colegas e um servidor. Pedro Russo Junior, hoje com 26 anos, ficou paraplégico. Cabe recurso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.