Estado de SP tem qualidade do ar entre inadequada e má

Condições para as próximas 24 horas são consideradas desfavoráveis à dispersão de poluentes e qualidade pode cair ainda mais

Pedro da Rocha, estadão.com.br

27 de agosto de 2010 | 19h43

SÃO PAULO - A qualidade do ar no Estado de São Paulo oscilou, hoje, 27, entre inadequada e má, segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). A cidade entrou em estado de atenção ao longo do dia - determinado quando as estações registram qualidade má.

 

Massa de ar quente, seco e estável foi a responsável por essas condições ruins. Períodos de calmaria e ventos fracos durante a noite e madrugada, inversão térmica próxima à superfície e, durante o dia, horas de insolação fizeram o paulista sofrer. Ás 17h, as estações de Osasco, Taboão da Serra Ibirapuera, Santo André e Mauá mediam qualidade inadequada do ar.

 

As condições para as próximas 24h são consideradas desfavoráveis à dispersão de poluentes, devendo deixar o Estado com a condição regular, podendo chegar a inadequada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.