Estádio não tem futuro definido

Em 2009, a Prefeitura de São Paulo apresentou à Câmara Municipal um projeto para reformar o Pacaembu. Orçada em R$ 250 milhões, a proposta da Secretaria Municipal de Esportes visava a uma parceria com entidade privada para a administração do estádio. Depois, em setembro de 2011, o prefeito Gilberto Kassab (PSD) encomendou novo projeto à empreiteira Queiroz Galvão para transformar o Pacaembu em arena multiuso. Nada, porém, foi anunciado até agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.