Estações Faria Lima e Paulista devem abrir até o fim de semana

Estações Faria Lima e Paulista devem abrir até o fim de semana

Ainda neste semestre, outras duas paradas da Linha 4-Amarela do Metrô, Luz e República, serão inauguradas

Eduardo Reina, O Estadao de S.Paulo

29 Março 2010 | 00h00

Cinco anos e meio depois de iniciada a construção, as duas primeiras estações da Linha 4-Amarela a entrarem em operação - Faria Lima e Paulista - devem abrir suas portas aos usuários até o fim de semana. Serão cerca de 3,6 quilômetros de linhas que podem ajudar a desafogar o trânsito de uma das avenidas mais complicadas da capital: a Rebouças. A previsão inicial era abrir as portas das estações em janeiro.

A Companhia do Metrô prevê que 43 mil usuários utilizem diariamente a Estação Faria Lima e 157 mil a Paulista.

A linha terá ainda neste primeiro semestre a abertura das Estações Luz e República. A Pinheiros, palco da maior tragédia do metrô paulistano, cujo desabamento das obras em 2007 matou sete pessoas, deve abrir suas portas no terceiro trimestre.

Com o início da operação comercial entre Faria Lima e Paulista, os trens passarão sem parar pelas Estações Pinheiros, Fradique Coutinho e Oscar Freire, que estarão em fase de conclusão de obras. A terceira estação da linha Amarela a funcionar deve ser a Butantã, com a transposição subterrânea do Rio Pinheiros, 15 metros abaixo do leito. O começo da operação ainda não está definido. Junto com a Butantã também entra em funcionamento o terminal de ônibus vizinho à área, com cerca de 20 linhas urbanas da região sudoeste e oeste e intermunicipais da Empresa Metropolitana de Transporte Urbano (EMTU), além de linhas da Cidade Universitária.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.