Estações da Linha 8 serão reformadas

O governo do Estado fechou acordo ontem com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para terminar as obras do monotrilho da Linha 2-Verde do Metrô, que vai até Cidade Tiradentes, no extremo leste da capital. O pacote de recursos, de R$ 1,47 bilhão, inclui também obras para a Linha 8-Diamante (Julio Prestes-Itapevi) da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O Estado de S.Paulo

20 de junho de 2012 | 03h03

Tida como a linha mais sucateada - e que demanda mais obras para operação -, a Linha 8 deve ter cinco estações totalmente reconstruídas: Lapa, Comandante Sampaio, Domingos de Moraes, Imperatriz Leopoldina e Antônio João. Outras seis estações - General Miguel Costa, Jardim Belval, Jardim Silveira, Quitaúna, Sagrado Coração e Santa Terezinha - devem ser modernizadas.

Essas estações, algumas construídas no começo do século passado, deverão ganhar cobertura, acessibilidade, banheiros e escada rolante. A linha tem sido fechada nos fins de semana para execução de obras de melhoria, como troca da rede elétrica e dos equipamentos de via. / B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.