Estação Patriarca do metrô de SP é assaltada na madrugada

Dez homens furtam guichê de recarga de Bilhete Único; crime acontece fora do horário de operação comercial

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

07 de dezembro de 2007 | 15h36

A estação Patriarca do Metrô de São Paulo foi assaltada na madrugada desta sexta-feira, 7, segundo informações da assessoria de imprensa da empresa. Mais de dez homens fortemente armados entraram na estação da linha Vermelha, que atende a zona leste da capital. De acordo com o Metrô, o assalto aconteceu fora do horário de operação comercial. O guichê de recarga de Bilhete Único, localizado na área livre, de passagem sobre a avenida Radial Leste, foi furtado e depredado. A área foi isolada para perícia das autoridades policiais. A normalização do serviço no guichê ocorreria após a liberação da área pelas autoridades policiais.

Tudo o que sabemos sobre:
MetrôAssalto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.