Estação ferroviária tombada terá restauro

Uma parceria entre o Senai e a prefeitura vai garantir o restauro de uma vila ferroviária e da estação da antiga Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), tombada pelo Condephaat em 1986. O prédio, datado de 1906, é a primeira construção de concreto armado do País. O trabalho se estenderá à vila ferroviária com 200 casas, algumas do fim do século 19.

O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.