Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

Estação Butantã do Metrô abre na 2ª

Parte da Linha 4-Amarela, ela será inaugurada dez meses após Paulista e Faria Lima; Pinheiros deve ser a próxima a entrar em operação

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

23 Março 2011 | 00h00

SOROCABA

Terceira parada a ser inaugurada na Linha 4-Amarela do Metrô, a Estação Butantã será entregue na próxima segunda-feira, dia 28. A nova estação vai entrar em operação quase um ano após o início do funcionamento do ramal. Hoje, só as Estações Paulista e Faria Lima estão abertas, e em horário reduzido.

O anúncio foi feito ontem pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB), que classificou a inauguração como "uma boa notícia para São Paulo", também aproveitou para ressaltar os números do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). "Dos 8,5 milhões de passageiros transportados por mês no Brasil por trens e metrôs, nós transportamos 6 milhões", disse o governador, durante um evento em Sorocaba, no interior paulista.

A Linha 4-Amarela vai fazer a ligação entre as Estações Luz e Vila Sônia quando estiver totalmente concluída, o que deve acontecer até o fim de 2014. Ao todo, serão 11 estações.

O primeiro trecho, de 3,6 quilômetros, foi entregue em maio do ano passado. O ramal, no entanto, funciona só das 8 às 15 horas: ainda está no sistema de operação assistida, o que significa que está em teste. O horário da linha será ampliado para o comercial - das 4h40 à 0h15, como o restante da rede - após a entrega da Estação Pinheiros, a próxima prevista no cronograma.

A meta do governo do Estado é entregar a Pinheiros um mês depois da Butantã. Com essa parada, o usuário da Linha 4-Amarela do Metrô vai poder usar a interligação com a Linha 9-Esmeralda da CPTM. Até junho, as duas estações e interligações devem estar funcionando.

Ônibus. Com a inauguração da Estação Butantã, a Linha 4-Amarela passará a ter três estações e 5,3 quilômetros de extensão. Essa estação está projetada para receber em média 35 mil passageiros por dia e terá um terminal de ônibus integrado.

"Após a inauguração da Estação Butantã do Metrô, duas linhas de ônibus municipais passarão a operar no local, uma fazendo a ligação com a Estação da Luz, na região central da cidade, e outra com a Cidade Universitária, também na zona oeste", informou a São Paulo Transportes (SPTrans) por meio de nota.

A empresa afirma que as demais linhas de ônibus que atendem o câmpus universitário não terão alterações, mas mudanças em outras linhas não estão descartadas. "Havendo necessidade, algumas linhas podem terminar ou iniciar na nova estação."

Além de Pinheiros e Butantã, o governo do Estado pretende entregar até o fim do ano as Estações Luz e República, que vão permitir a interligação com as Linhas 1-Azul e 3-Vermelha, respectivamente.

CRONOLOGIA

3 de junho de 2004

Início

Começam as obras da futura Linha 4-Amarela, com os serviços de terraplenagem

12 de janeiro de 2007

Cratera

Acidente no canteiro de obras abre uma cratera na futura Estação Pinheiros e deixa sete mortos

25 de maio de 2010

Inauguração

Começa a operar o primeiro trecho, entre as Estações Paulista e Faria Lima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.