'Esse lugar causa proliferação de ratos pela região'

É impossível não prestar atenção no esqueleto do antigo Hospital Cristo Rei, localizado no Tatuapé, zona leste. Fechado há cerca de 12 anos, o prédio está completamente degradado. Pichado e com alguns andares incendiados, tem todos os vidros quebrados. As estruturas metálicas foram arrancadas e os moradores de rua montaram acampamento na frente.

Marici Capitelli, O Estado de S.Paulo

04 de setembro de 2011 | 00h00

"O pior transtorno que esse hospital causa é a proliferação de ratos", reclama Caetano de Abreu, de 70 anos, morador do local há quatro.

O aposentado José dos Santos, de 69 anos, diz que se sente morando em uma terra de ninguém quando olha para o prédio. Já para Fernando Penteado Vilar Félix, presidente da Associação de Moradores do Parque São Jorge, o edifício é hoje o principal responsável pela degradação da Avenida Celso Garcia naquele trecho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.