Divulgação
Divulgação

'Esquenta' da Jornada começa hoje e deve reunir 15 mil em SP

Jovens de mais de 50 países são esperados na capital para atividades pastorais, missas e shows de preparação

Adriana Ferraz e Edison Veiga, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2013 | 02h05

SÃO PAULO - São Paulo começa nesta terça-feira, 16, o "esquenta" para a Jornada Mundial da Juventude com uma série de atividades direcionadas a peregrinos que visitam a cidade para a Semana Missionária. Serão mais de 50 nacionalidades representadas. A programação inclui missas em línguas estrangeiras, visitas a santuários e museus, além de vigílias com participação de DJs católicos, padres cantores e o cardeal d. Odilo Scherer.

Espalhadas pelas cinco regiões da capital, as atrações serão realizadas em locais abertos, como o velódromo da USP, na zona oeste, e fechados, como o colégio Arquidiocesano, na zona sul. Lá, os jovens poderão curtir uma espécie de "balada católica" a partir das 19h da sexta-feira, quando começa o show do padre Reginaldo Manzotti.

Celebridade no Paraná, onde arrasta multidões em suas missas seguidas de musicais, Manzotti espera proporcionar momentos de oração aos jovens. "Estamos vivendo um tempo de festa, mas também de introspecção. É hora de abrirmos nosso coração para escutar Deus e os apelos do papa", diz o sacerdote, que faz parte do grupo que vai se apresentar para Francisco no Rio. A lista inclui também Marcelo Rossi e Fábio de Mello.

A expectativa da Arquidiocese de São Paulo é reunir 10 mil jovens ao longo da semana - outros 5,3 mil serão acolhidos nas dioceses de Santo Amaro e Campo Limpo, na zona sul, e São Miguel Paulista, na zona leste. Entre os convidados está o cardeal de Madri, Antonio María Rouco Varela, que ficará hospedado no Mosteiro de São Bento.

Para d. Odilo, a "simpatia" do papa Francisco é um atrativo a mais. "É a primeira vez que todas as dioceses do país-sede estão engajadas na Semana Missionária", diz. Balanço parcial da arquidiocese mostra que, por enquanto, o maior grupo de peregrinos é de italianos.

Veja a programação completa:

Terça-feira, 16 de julho

Chegada dos peregrinos e acolhida nas casas das famílias cadastradas

Quarta-feira, 17, a sábado, 20 de julho

Realização de atividades pastorais nas comunidades de acolhida

Quinta-feira, 18 de julho

Adoração eucarística

Local: Catedral Sagrada Família - Rua Campina Grande, 400, Campo Limpo

Horário: 19h30

Sexta-feira, 19 de julho

Vigílias regionais, com missas, confissões e musicais

Zona leste: Parque CERET - Rua Canuto de Abreu, s/n, das 18h às 21h

Zona norte: Pico do Jaraguá - Estrada do Jaraguá, 14, das 10h às 19h. Parque da Juventude - Avenida Cruzeiro do Sul, 2.500 (portão 2), das 14h às 20h

Zona sul: Colégio Arquidiocesano - Rua Domingos de Moraes, 2565 (Com participação do cardeal arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer; do Padre Reginaldo Manzotti; da cantora Jake e DJ Rodrigo), das 16h às 22h

Zona oeste: Cidade Universitária da USP - Entrada pela portaria 2, na Avenida Escola Politécnica, das 15h às 20h

Centro: Praça da Sé, das 18h às 21h

Sábado, 20 de julho

Missas de envio dos peregrinos para a Jornada da Juventude, no Rio

- Praça Heróis da FEB, em Santana, zona norte, a partir das 15h

- Santuário Mãe de Deus (do Padre Marcelo Rossi) - Avenida Nações Unidades, 22.069, Santo Amaro, a partir das 15h (após a celebração haverá shows musicais até às 21h30)

- Catedral Sagrada Família - Rua Campina Grande, 400, Campo Limpo, 19h

21 de julho

Missa de envio dos peregrinos para a Jornada da Juventude, no Rio

- Catedral São Miguel Arcanjo - Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, 11, São Miguel Paulista, a partir das 15h

Tudo o que sabemos sobre:
Papaesquentasão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.