Espuma formada por poluentes volta a cobrir Rio Tietê entre Itu e Salto

Extensa camada de espuma branca cobria ontem o Rio Tietê entre Itu e Salto, na região de Sorocaba. A espuma, formada pela agitação das águas nas corredeiras, formava blocos que se desprendiam com o vento.

, O Estado de S.Paulo

26 de maio de 2011 | 00h00

De acordo com a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), a qualidade da água atinge o pior índice nesta época do ano por causa da falta de chuva. O nível do rio baixa e ocorre a concentração de poluentes, como esgoto doméstico e resíduos industriais, lançados nas águas sem tratamento. Segundo a Cetesb, detergentes e produtos químicos formam a espuma. Análises feitas na semana passada indicaram nível baixo de oxigênio, 4, quando o mínimo desejável para a vida aquática é acima de 5.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.