Esporte estará em todas as disciplinas

Antes restrito à Educação Física e aos torneios entre as turmas, neste ano o futebol será assunto de diversas disciplinas. Professores vão usar o tema da Copa em toda a grade curricular. Em História, será possível ver a trajetória dos países participantes do evento, enquanto na Biologia poderão ser abordadas as transformações do corpo dos atletas durante a prática esportiva. As atividades devem começar a partir de hoje, primeiro dia de aula na maioria das escolas particulares de São Paulo e da rede estadual - na rede municipal, o início será no dia 3.

Bárbara Ferreira Santos e Victor Vieira, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2014 | 02h05

"O que a gente vai mostrar para o aluno é que uma Copa é mais do que um jogo de futebol", diz o coordenador de esportes do Colégio Visconde de Porto Seguro, Alexandre Calixto. Os alunos das três unidades farão uma copa interna e uma competição com colégios convidados. "Em ano de Copa, a comemoração é grande na escola", diz o aluno Isac Werthajn Júnior, de 12 anos. "Não vou perder os torneios."

Cultura. Além das competições de futebol, há escolas que apostam nas gincanas culturais, como o Colégio Módulo, que fará o "Desafio cultural: história da Copa". Em outras, o Mundial vai parar em jogos de computador feitos pelos alunos, como no Colégio Santa Maria, onde a oficina de games terá o torneio como tema.

Na rede estadual, o campeonato já foi o tema da etapa decisiva da Jornada de Matemática do ano passado.

Além de aproveitar o Mundial nas disciplinas, a ideia para este ano é usar o tema nas feiras e atividades culturais nas escolas, realizadas nos fins de semana com pais, alunos e professores. "São projetos interdisciplinares que exploram situações ricas de aprendizagem", explica Rosânia Morrone, subsecretária de Educação do Estado.

Nos 224 Centros de Estudos de Línguas (CEL) do Estado, que oferecem aulas de idiomas para alunos do ensino fundamental e médio, a Copa também está nas aulas.

No CEL da Escola Estadual Fadlo Haidar, em Itaquera, na zona leste, os alunos já planejam fazer até um jornal com os depoimentos de turistas do exterior coletados durante a Copa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.