Especialista aprova, mas cobra foco em transporte público

O consultor de trânsito Flamínio Fichmann, que já fez estudos sobre o rodízio para a gestão José Serra (PSDB), defende a construção das garagens verticais por causa da escassez de vagas para carros. Ele concorda que a medida traria mais fluidez ao trânsito. "As vias são feitas para a circulação de trânsito. Só se houver folga é possível destiná-las a estacionamento."

, O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2010 | 00h00

Já o professor de Engenharia de Tráfego Heitor Kawano, da Fundação Educacional Inaciana (FEI), critica o uso de verba pública nesse tipo de obra. "São mais obras voltadas ao transporte individual, que estimulam o uso do carro."

Fichmann também faz essa ressalva, dizendo que o local das garagens precisaria ser bem escolhido. "O transporte individual tem de ser pensado em conjunto com o transporte coletivo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.