Escola técnica mantém liderança entre estaduais

Com tradição de boas notas no Enem, a Etesp, em SP, foi a 1ª colocada no ranking entre todas as estaduais do País

Marina Azaredo, O Estado de S.Paulo

27 Novembro 2013 | 02h08

A Escola Técnica Estadual de São Paulo (Etesp) teve o melhor desempenho entre as escolas públicas paulistas no Enem. Com a 52.ª melhor nota no ranking geral (664,44), a escola também ficou em primeiro lugar entre todas as estaduais do País (considerando tanto as unidades da rede técnica quanto as da rede convencional).

Para o diretor da instituição, Nivaldo Freire, o resultado se deve a três fatores. "Temos um vestibulinho concorrido, os professores são muito capacitados e a infraestrutura é boa, com anfiteatros e laboratórios de química e informática", enumera. Segundo ele, no último vestibulinho, 1,2 mil alunos disputaram 120 vagas. Entre os 80 professores do ensino médio - a escola tem também ensino técnico -, 75% têm pós-graduação, segundo Freire.

O aluno do 3.º ano Gabriel Scalici, de 17 an0s, aponta ainda outro fator para o sucesso da Etesp. "Os professores fazem passeios e trabalhos que nos ajudam a formar opinião e adquirir valores. Quando estava no 1.º ano, fomos a um acampamento do MST", conta. "Mas tenho uma reclamação: a carga horária de cinco horas é pequena. Ainda bem que os professores dão aulas extras", completa.

A escola, que faz parte do Centro Paula Souza, vem mantendo a posição de destaque nos últimos rankings. Em 2010 e 2011, a Etesp já havia ficado no topo da lista das públicas paulistas.

Mais conteúdo sobre:
Enem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.