Escola não consegue lidar com a nova cultura jovem

Análise:

Jorge Werthein*, O Estado de S.Paulo

28 Março 2014 | 02h04

Os desafios que enfrentamos na educação dos jovens se repetem na América Latina e em muitos países da Europa. A escola não sabe como lidar com essa nova cultura jovem e com as grandes mudanças de seu cotidiano nos últimos 20 anos.

O que vemos em todas as pesquisas sobre a juventude e a escola é que os jovens reclamam de uma profunda insatisfação com a forma que a escola o acolhe e da resposta que dá às suas demandas. Sem dúvida, a escola não é um ambiente acolhedor, o clima não é bom, há muitas carências - e é muito difícil estudar em um lugar assim. Acredito profundamente que o impacto é muito negativo no processo de aprendizado quando não há um clima apropriado na escola.

Governos estaduais, municipais e federal precisam trabalhar juntos e assumir suas responsabilidades para conseguir uma escola de qualidade. Sem docentes qualificados não vamos conseguir avanços. Mas, quando olhamos bons exemplos, fica claro o papel importante da gestão da escola e dos diretores. Daí o papel fundamental das secretarias, que precisam fomentar o surgimento desses profissionais.

*Jorge Werthein é educador e assessor de educação da Fundação Education Above All, Qatar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.