REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO

Escola de SP pede que alunas usem cabelo liso e solto em apresentação

Comunicado aos pais causou indignação nas redes sociais; instituição reconheceu equívoco e disse repudiar preconceito

O Estado de S. Paulo

02 Dezembro 2015 | 17h27

Um comunicado que pedia para que meninas participassem de uma apresentação de Natal da escola Associação Cedro do Líbano de Proteção à Infância, em São Paulo, com os cabelos soltos e lisos causou indignação nas redes sociais. 

O aviso pedia que os pais levassem as meninas com os cabelos lisos e soltos para que a apresentação, marcada para esta quinta-feira, 3, ficasse "ainda mais bonita". Abaixo do texto, havia uma foto da atriz Larissa Manoela, que interpretou a personagem Maria Joaquina na novela Carrossel.

A imagem foi compartilhada no Facebook pela página Levante Negro e tinha mais de 14 mil compartilhamentos na tarde desta quarta-feira, 2. Em resposta, foram postadas fotos de crianças negras com os penteados que mais gostam nos comentários.

Em um comunicado no site, a escola reconheceu "o equívoco da mensagem" e disse repudiar "qualquer forma de preconceito e discriminação". Também informou que foram tomadas todas as medidas cabíveis para que "erros lamentáveis como esse não se repitam e possam ferir os preceitos postos na Lei 10639/2003 e Lei 11645/2008".

"O ocorrido nos faz ampliar nossa visão acerca da construção coletiva de uma educação pautada no respeito à diversidade, reconhecendo as identidades de todos", disse ainda a escola em nota. 

Mais conteúdo sobre:
Natal São Paulo Facebook

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.