Erundina acertou no milhar!

Vaga aberta

TUTTY HUMOR, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2012 | 03h04

Ter perdido a Erundina não foi nada! Pior é que, com Maluf no time do PT, nem o Vasco vai querer ser vice do Haddad!

Fim do mundo

Um universitário africano venceu o prêmio Estudante Empreendedor Global com a invenção do "banho sem água", à base de um gel que dispensa chuveiro, sabão e toalha. Isso quer dizer o seguinte: no futuro, ninguém mais vai precisar fazer xixi durante o banho para economizar a água da descarga.

Nome a zelar

Chocado com a denúncia do Ministério Público Federal contra os "aloprados" do PT por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, Paulo Maluf pode abandonar a campanha de Fernando Haddad em São Paulo. O ex-prefeito não sabia que Lula andava com esse tipo de gente!

Companheira

No mesmo dia em que Luiza Erundina renasceu em São Paulo, morreu no Rio Iramaya Queiroz Benjamin, símbolo brasileiro da luta pela anistia, outra grande mulher que o PT não fez por merecer. Que Deus a tenha!

Conta zerada

Com a decisão do Flamengo de pedir R$ 40 milhões a Ronaldinho por danos à imagem do clube - mesmo valor cobrado pelo jogador a título de salários atrasados -, deve terminar empatada a briga judicial entre partes. Resta saber se a sentença vai considerar os dois igualmente culpados ou inocentes.

Claro que não foi premeditado! Nem o mais maquiavélico dos marqueteiros conseguiria bolar estratégia tão eficiente de promoção política: Luiza Erundina é, desde terça-feira, a grande vencedora das eleições municipais de São Paulo, quatro dias após sua apresentação como vice na chapa do candidato do PT.

A deputada abandonou a campanha de Fernando Haddad para entrar para a história enaltecida nas redes sociais como a mulher que teve "dignidade", "coerência", "postura ética", "decência", "lucidez", "vergonha na cara" e o escambau para não aceitar o batom do Maluf na cueca do Lula em flagrante de primeira página nos jornais de anteontem.

Para quem nunca foi unanimidade entre o eleitorado paulistano, Erundina sai desse episódio apoiada até pelos que ainda outro dia a desprezavam por puro preconceito à sua origem de mulher nordestina, solteirona e sem filhos.

Marta Suplicy deve estar morrendo de inveja! Se imaginasse a repercussão positiva de uma reação extrema à aliança de Lula com Maluf, talvez não ficasse perdendo seu tempo nas últimas semanas rejeitando Fernando Haddad pelas beiradas.

Tem dó!

Rejeitado por Marta Suplicy e abandonado por Luiza Erundina, Fernando Haddad tem ainda boas chances com o eleitorado feminino. Mulher nenhuma resiste àquela expressão de andorinha molhada posada em fio de alta tensão (foto). Muitas vão votar nele por pena!

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.