Equipe de motolink da TV Record é assaltada na Marginal do Tietê

Piloto e cinegrafista voltavam de uma pauta quando foram surpreendidos por outra moto

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

08 de setembro de 2012 | 04h46

SÃO PAULO - Uma equipe - piloto e o cinegrafista - de um motolink da TV Record foi assaltada, por volta das 19h30 desta sexta-feira, 7, na pista local da Marginal do Tietê, no sentido Ayrton, a 100 metros da Ponte do Piqueri, onde existe uma base da Polícia Militar.

 

Os dois funcionários da emissora voltavam de uma pauta na região de Pirituba, zona oeste, quando foram surpreendidos por outros dois homens, ambos de capacete, que ocupavam uma moto CG Honda preta. O garupa, ao abordar as vítimas, já estava com a arma em punho.

 

Foram roubados a moto, uma filmadora, acessórios de reportagem, celulares, um aparelho radiotransmissor e as duas jaquetas, das vítimas, com o logotipo da emissora. Após serem roubados, o piloto e o cinegrafista foram até a base da PM para pedir auxílio. A moto, que possui rastreador, e um microfone foram localizados abandonados horas depois numa favela na região da Vila Brasilândia, na zona norte da capital.

 

Nenhum suspeito havia sido detido até as 4h45 desta manhã de sábado, 8. O caso foi registrado no 7º Distrito Policial, da Lapa. As vítimas não sabem dizer a partir de que ponto os criminosos começaram a segui a moto da emissora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.