Entre Trianon e Masp, memórias de arquiteto

Masp e Parque Trianon: Frente a frente na Avenida Paulista, são dois pontos turísticos de São Paulo

Nataly Costa, O Estado de S.Paulo

28 Janeiro 2011 | 00h00

O arquiteto Raul di Pace tem uma longa história com o quarteirão da Avenida Paulista de onde é possível ver o Museu de Arte de São Paulo (Masp) de um lado e o Parque Trianon do outro. "É minha imagem preferida da cidade. Meu pai era amigo do Pietro Maria Bardi (um dos criadores do Masp), a gente morava ali perto e eu brincava no Parque Trianon com meu irmão depois da escola", conta ele, que é filho do arquiteto Ugo di Pace e comanda o portal de conteúdo Eye 4 Design (www.eye4design.com.br).

"A natureza do parque é um "paredão verde" que me lembra o que era essa cidade antes de virar a metrópole que virou. E, do outro lado, você tem a arquitetura belíssima do museu, também um contraste com a visão caótica daquela 9 de Julho horrorosa", completa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.