Entidade pede prazo maior de adaptação

A Central Brasileira do Setor de Serviços questiona a forma como a adesão à certificação digital será feita.

Márcio Pinho, O Estado de S.Paulo

27 Dezembro 2010 | 00h00

Para o diretor jurídico da entidade, Percival Maricato, o governo deveria custear a implantação, já que será beneficiado, "É caro pagar R$ 100 para ter um certificado por um ano", avalia Maricato, defendendo que as empresas tenham prazo para se adaptar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.