Hélvio Romero/AE - 10/12/2009
Hélvio Romero/AE - 10/12/2009

Engenheiros são apontados como responsáveis por queda de vigas no Rodoanel

Em 2009, duas pessoas ficaram feridas quando parte de uma obra caiu na Régis Bittencourt

Julia Baptista, do estadão.com.br,

16 Setembro 2010 | 09h43

SÃO PAULO - O inquérito instaurado pela Polícia Civil de Taboão da Serra, na grande São Paulo, para apurar as causas da queda de três vigas em obra do trecho do Rodoanel, em novembro de 2009, apontou como responsáveis dois engenheiros da empresa Rodoanel Sul 5 Engenharia e concluiu que houve crime de desabamento culposo.

 

O documento foi entregue ao Ministério Público (MP) em janeiro deste ano. Em 13 de novembro de 2009, a queda das vigas na rodovia Régis Bittencourt deixou duas pessoas feridas, uma delas em estado grave.

 

A promotora de Justiça de Embu, Fabiana Sabaine, aguarda a conclusão do laudo de exame de corpo de delito de uma das vítimas e a notificação das empresas envolvidas sobre o laudo pericial complementar para se manifestar.

 

Também havia sido instaurado um inquérito civil na promotoria de Justiça de Patrimônio Público e Social da Capital para apurar supostas irregularidades na execução do contrato entre a Dersa e as empreiteiras. "A promotora Andréa Chiaratti do Nascimento optou pelo arquivamento do inquérito por não encontrar indícios de irregularidades", diz nota do MP à imprensa.

Mais conteúdo sobre:
Rodoanelengenheiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.