Engenheiro condenado a 6 anos por pedofilia

Um engenheiro de 53 anos foi condenado a 6 anos e 8 meses de prisão, além do pagamento de multa, por fornecer, divulgar e publicar na internet imagens e vídeos de pedofilia. A sentença é do juiz substituto Luiz Renato Pacheco Chaves de Oliveira, da 4.ª Vara Federal Criminal em São Paulo. O acusado foi identificado por meio da Operação Carrossel, da Polícia Federal (PF), deflagrada em março de 2008. Na ocasião, foram encontrados cerca de 400 mil imagens e 5 mil vídeos com pornografia infantil armazenados no computador do engenheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.