Engavetamento bloqueia Dutra, mata 2 e fere 30

Série de acidentes fechou ontem os dois sentidos da rodovia e causou 21 km de congestionamento

, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2010 | 00h00

Duas pessoas morreram na manhã de ontem, após um engavetamento e uma série de acidentes envolvendo mais de 50 veículos na Rodovia Presidente Dutra, região de Pindamonhangaba, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), 15 acidentes foram registrados. Pelo menos 30 pessoas ficaram feridas ? 26 com ferimentos leves e quatro em estado grave.

No km 88, no sentido São Paulo, houve uma colisão entre dois caminhões, um ônibus e três veículos de passeio, por volta das 7h30. Minutos depois, na altura do km 91, no sentido oposto, 13 veículos, incluindo uma carreta, três caminhões, dois carros e uma viatura policial, colidiram. As vítimas foram encaminhadas para hospitais das regiões de Pindamonhangaba e de Taubaté.

A Via Dutra chegou a ficar totalmente interditada no momento dos acidentes. A concessionária NovaDutra, responsável pelo trecho, informou que a pista sentido Rio foi liberada às 11h30, enquanto as faixas no sentido São Paulo foram desbloqueadas às 14h40. O acostamento foi liberado, mas por volta das 12 horas ainda havia um congestionamento de 10 quilômetros no sentido Rio. No sentido oposto, a lentidão chegou a 11 quilômetros.

Manifestação. Um protesto do movimento dos sem-teto parou por quase três horas os dois sentidos do Trecho Sul do Rodoanel, na altura de Itapecerica da Serra, na tarde de ontem. Segundo policiais militares rodoviários, sete ônibus, com cerca de 350 manifestantes, bloquearam a rodovia na altura do km 45.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.