RAFAEL ARBEX/ ESTADÃO
RAFAEL ARBEX/ ESTADÃO

Enem provoca mudanças em Paulista aberta e ciclofaixas em SP

Avenida Paulista será liberada aos pedestres às 13h; linhas 15-Prata e 5-lilás do Metrô estão paralisadas neste domingo

O Estado de S.Paulo

12 Novembro 2017 | 08h00

SÃO PAULO - Quem quiser caminhar pelo asfalto da Avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo, 12, terá de esperar até às 13h.  Devido ao segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que começa no mesmo horário, a liberação de circulação de pedestres, que costuma começar às 10h, será mais tarde. 

A liberação da passagem dos carros na Paulsita permanece às 18h. As ciclofaixas de lazer também terão alterações. A Avenida Governador Carvalho Pinto, no Eixo Rua Alvarenga/Ponte Cidade Universitária e no Eixo Liberdade/Vergueiro/Bernardino de Campos não serão ativadas. 

Os usuários das linhas 15-Prata e 5-Lilás do Metrô não poderão contar com os trens para ir ao exame. O trecho entre as estações Capão Redondo e Adolfo Pinheiro da linha 5 permanecerão fechados das 4h40 às 11 horas e as estações Vila Prudente e Oratório da linha 15 ficarão fechadas das 4h40 às 16 horas. Já os trens da CPTM não terão obras nesta manhã devido a aplicação do Enem.

+Enem avalia hoje Matemática e Ciências da Natureza

Candidatos em todo o Brasil participam do exame neste domingo. Pela primeira vez, o teste – usado para concorrer a vagas na rede pública e privada de ensino superior – foi dividido em dois domingos. A primeira parte, com provas de Linguagens, Ciências Humanas e Redação, foi aplicada na semana passada. 

Hoje, estudantes terão quatro horas e meia para responder às questões de Matemática e Ciências da Natureza (Química, Física e Biologia) – uma hora a menos do que no domingo passado. Os portões serão fechados às 13 horas – quando não será mais permitido o acesso ao local de prova. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.