Enem e eventos complicam trânsito no fim de semana

Pior horário deve ser durante a tarde; veja abaixo um guia para driblar os congestionamentos

, O Estado de S.Paulo

06 de novembro de 2010 | 00h00

Mais de meio milhão de paulistanos e turistas vão participar neste fim de semana do 39.º GP Brasil de Fórmula 1, do Salão do Automóvel, de shows de música e de outros grandes eventos que devem mexer com a vida de São Paulo. Isso sem falar na realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com quase 250 mil inscritos prestando prova em mais de 64 endereços.

Com trânsito garantido em todas as regiões da cidade, a melhor dica seria apenas uma: não tire o carro de casa. Como essa orientação é um tanto difícil de ser seguida, o Estado montou um "guia de sobrevivência" para evitar os congestionamentos no sábado e no domingo, com a localização dos principais pontos a serem evitados e as possíveis rotas alternativas.

No sábado, o pior horário será das 11 horas às 17 horas, principalmente na região de Interlagos e da Marginal do Tietê, quando vão coincidir horários da Fórmula 1, do Salão do Automóvel, do Enem, de um festival de música eletrônica na Vila Sônia e da abertura dos portões do show do Jonas Brothers, no Canindé.

Já no domingo, o movimento do Enem e do último dia do Salão do Automóvel vai piorar ainda mais a confusão causada pelo GP em Interlagos e pelo clássico São Paulo x Corinthians, no Estádio do Morumbi, às 17 horas. A SPTrans vai ampliar em 20% a frota de ônibus no domingo e ficar com o número de veículos igual ao sábado, ou seja, 70% da frota. Se não for possível utilizar transporte público ou táxi, a CET indica aos motoristas procurar conhecer previamente os acessos.

Aos estudantes, a Prefeitura sugere chegar ao local de prova com bastante antecedência - aos pais dos inscritos no Enem, a recomendação é de que não estacionem em locais proibidos, na frente de guias rebaixadas, sobre a calçada ou em fila dupla.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.