Encontrado carro de rapazes desaparecidos

A Polícia Civil acredita que encontrou anteontem, em Parelheiros, zona sul de São Paulo, o carro em que estavam os dois rapazes desaparecidos na sexta-feira após serem abordados pela Polícia Militar. O Kadett vermelho 1994 - mesma cor e modelo do carro do vigia Emerson Heida, de 28 anos - estava queimado.

Tiago Dantas, O Estado de S.Paulo

16 Setembro 2010 | 00h00

Já a Secretaria de Segurança Pública informou que aguarda perícia para confirmar se um corpo carbonizado encontrado no sábado no Jardim São Norberto, na zona sul, é de um dos rapazes.Emerson e o metalúrgico Edson Edney da Silva, de 27 anos, foram vistos pela última vez na sexta-feira à noite, quando eram abordados por PMs na Cidade Dutra, também na zona sul. Familiares das vítimas reconheceram o carro ontem. A placa é a mesma do carro que o vigia guiava na noite em que sumiu. A perícia vai analisar se os números do chassi e do motor são os mesmos que constam nos documentos do carro.

Segundo testemunhas, o veículo foi incendiado em um matagal perto da Estrada do Jaceguai, na madrugada de sábado. A PM só foi avisada por volta das 21 horas de anteontem. O local fica a cerca de 12 quilômetros da esquina da Avenida Robert Kennedy com a Rua Professor Papini, onde Edson e Emerson foram vistos por Anderson Heida, de 26 anos, irmão do vigia.

Abordagem. Segundo a família, Emerson e Edson deixaram Anderson em um ponto de ônibus do Largo do Rio Bonito, na zona sul, quando voltavam para casa. Anderson disse ter visto, de dentro do coletivo, os dois com as mãos para trás, conversando com PMs. "Estamos fazendo diligências para encontrar outras testemunhas, alguém que saiba o que aconteceu depois da abordagem", afirmou o delegado titular do 48.° Distrito Policial (Cidade Dutra), Baldomero Girbal Cortada. / COLABORARAM ELVIS PEREIRA e PEDRO DA ROCHA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.