Empresas gastam R$ 9,4 bilhões por ano em segurança

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), anualmente são gastos R$ 9,4 bilhões pelas instituições financeiras em sistemas de segurança física e eletrônica. Segundo a federação, os bancos atuam em parceria com governos, polícias e Justiça para propor novos padrões de proteção. A instituição ressalta que é favorável a leis que restringem os celulares nas agências.

O Estado de S.Paulo

05 de janeiro de 2012 | 03h03

O Banco do Brasil disse que cumpre as normas de segurança previstas, como a obrigatoriedade de ter vigilante, alarme e mais um item de segurança. Os outros quatro bancos procurados pela reportagem (Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander) não comentaram os índices de criminalidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.