Empresários oferecem R$ 10 mil por informações sobre pichadores do Cristo

Um grupo de empresários ofereceu até R$ 10 mil em recompensa por informações sobre a identidade dos vândalos que picharam o Cristo Redentor, segundo informou ontem o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB). A Comlurb começou a limpar as frases feitas na face do monumento, um serviço que só deve ser concluído até amanhã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.