Empresário tenta ajudar filha em briga de trânsito e acaba morto em Mauá

Ocupantes do veículo que bateu no carro da filha tentaram assaltar empresário, que reagiu e foi baleado

Bruno Lupion e Ricardo Valota, Estadão.com.br

23 Março 2011 | 07h08

SÃO PAULO - O empresário Custódio Gomes Chaves, de 52 anos, dono dos supermercados Chaves, em Mauá, Região Metropolitana de São Paulo, foi assassinado durante um acidente de trânsito seguido de tentativa de roubo na noite de terça-feira, 22, por volta das 19 horas.

 

Veja também:

linkDesde fevereiro, ao menos 4 empresários foram mortos

 

Sua filha, de 27 anos, dirigia um GM Celta quando se envolveu numa colisão com um VW Voyage, na Avenida Barão de Mauá, altura do número 4147, no Jardim Itapeva. Diante do impasse com os ocupantes do Voyage - que tinha duas placas com números diferentes - a filha telefonou para pedir ajuda ao pai, que se deslocou até o local, segundo a Polícia Militar (PM).

 

Os ocupantes do Voyage, porém, ao perceberem o alto poder aquisitivo de Custódio, tentaram roubá-lo. O empresário teria reagido e foi baleado na região da axila, segundo a PM. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Nardini, mas não resistiu aos ferimentos.

 

Um homem, de 57 anos, que estava no carro da jovem também foi baleado, mas não corre risco de morte. Os ladrões abandonaram o Voyage no local e roubaram um segundo Celta para fugir. O crime foi registrado no 1º Distrito Policial de Mauá e até a manhã desta quarta-feira, 23, ninguém havia sido preso.

Mais conteúdo sobre:
morte empresário trânsito Mauá briga baleado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.