Empresário sofre sequestro relâmpago e é libertado pela PM

Ele foi apanhado pelos bandidos em Santo Amaro; perseguição acabou na Avenida Francisco Morato

09 de abril de 2013 | 11h17

Um empresário de 59 anos foi vítima de sequestro relâmpago na noite desta segunda-feira, dia 8, no bairro de Santo Amaro, na zona sul de São Paulo. Durante confronto com a polícia, houve troca de tiros e um dos bandidos ficou ferido.

 

A vítima foi abordada por dois homens quando saía do trabalho dirigindo seu carro, uma Toyota Hilux, por volta das 22h, e ficou mais de uma hora e meia como refém. Policiais militares que faziam patrulha desconfiaram da atitude suspeita dos criminosos e iniciaram uma perseguição. O bandido que conduzia o veículo perdeu o controle da direção e chocou-se com uma motocicleta. O motoqueiro teve fratura nas duas pernas e foi encaminhado ao Hospital Antena, em Taboão da Serra.

 

Os criminosos só pararam quando colidiram com o portão da obra da linha 4 amarela, na Av. Francisco Morato, na Vila Sônia. Um deles saiu do carro e atirou contra os PMs, que o feriram na região do abdômen. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Hospital Universitário. O outro sequestrador se rendeu. O empresário foi libertado sem ferimentos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.