Empresário Oscar Maroni é preso novamente em São Paulo

Empresário Oscar Maroni é preso novamente em São Paulo

Ex-namorada foi apresentada como testemunha de acusação; Maroni diz que ela queria dinheiro pelo silêncio

José Dacauziliqua, do Jornal da Tarde,

30 Junho 2009 | 22h34

O empresário Oscar Maroni Filho, de 57 anos, foi preso no início da noite desta terça-feira, depois de uma audiência realizada no Fórum Criminal da Barra Funda, na zona oeste da capital. Segundo o advogado defesa, José Thales Solon de Mello, o pedido foi feito pelo Ministério Público e acatada pelo juiz da 5ª Vara Criminal, Edison Aparecido Brandão. O empresário é acusado pelos crimes de: formação de quadrilha, exploração de prostituição e tráfico interno de pessoas.

 

Veja também:

especialRelembre as prisões e polêmicas que envolvem Oscar Maroni

 

"O promotor do caso apresentou uma testemunha, uma ex-namorada de Maroni. Ela gravou algumas conversas que teve com o meu cliente. Ele alega que a ex-namorada vivia lhe pedindo dinheiro para ficar quieta", disse Solon de Mello.

 

O empresário foi levado para o 23º Distrito Policial, em Perdizes. Depois foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde passou por exame de corpo de delito. E retornou à delegacia, onde recebeu a visita do filho Aruã Maroni, de 27 anos, que lhe trouxe o diploma de psicologia do pai, uma mala com roupas, cobertor e travesseiro, além de uma refeição e garrafas de água mineral.

 

Segundo a polícia, amanhã pela manhã, Maroni será transferido para o 40º Distrito Policial (Vila Santa Maria), onde ficam os presos que tem nível superior completo.

Mais conteúdo sobre:
Oscar Maroni

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.