Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Empresário morre após doar rim para o irmão no interior de SP

Após a cirurgia, empresário se mostrou feliz com o resultado e até conversou com parentes, mas logo passou a reclamar de dores no abdômen e retornou ao centro cirúrgico com hemorragia interna

Rene Moreira, Especial para o Estado

22 Novembro 2017 | 14h57

FRANCA - O empresário Dorival Alves Júnior, de 45 anos, morreu em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, após doar o rim para o irmão que sofre de doença renal crônica. O corpo foi sepultado nesta terça-feira, 21, no Cemitério São Bento, em Araraquara (SP). 

O irmão que recebeu o rim segue internado no hospital e até a manhã desta quarta-feira, 22, ainda não havia sido informado sobre a morte.​

A cirurgia para retirada do órgão ocorreu nesta segunda-feira, 20, na Santa Casa de Ribeirão Preto (SP). Na fila de espera, o irmão mais velho Benedito Luís Alves, de 59 anos, poderia não ser atendido a tempo, pois exames indicavam urgência. 

Após a cirurgia, o empresário se mostrou feliz com o resultado e até conversou com parentes. Mas familiares contam que ele logo passou a reclamar de dores na área do abdômen e retornou para o centro cirúrgico, onde não resistiu a uma hemorragia interna.

Segundo a Santa Casa, não houve erro no procedimento médico e que a equipe responsável pelo transplante "é composta por especialistas de alta competência". O paciente apresentou "complicações no pós-operatório, sendo atendido prontamente, evoluindo para óbito". Alves Júnior morava em Américo Brasiliense, onde tinha um supermercado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.