Reprodução/Google Maps
Reprodução/Google Maps

Empresário é perseguido e atacado a tiros na zona sul de São Paulo

Polícia investiga se a vítima sofreu uma tentativa de assalto ou de homicídio; os suspeitos pelo ataque estão foragidos

Ricardo Valota - O Estado de S.Paulo,

24 Outubro 2012 | 05h58

SÃO PAULO - O empresário Cláudio Hernandez Marques de Almeida, de 61 anos, foi perseguido e atacado a tiros, na noite dessa terça-feira, 23, na zona sul da capital paulista. A polícia investiga se ele sofreu uma tentativa de assalto ou de homicídio. Almeida foi baleado no braço e na mão e está internado. O estado de saúde da vítima não foi informado.

Segundo as informações do boletim de ocorrência registrado no 34º DP (Vila Sônia), Almeida guiava um Mercedes pela Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, na Vila Nova Conceição, quando teve o carro atingido por outro veículo.

O espelho retrovisor esquerdo do carro onde estava o empresário foi arrancado e Almeida fugiu. Ele foi perseguido por cerca de quatro quilômetros, até a região do Morumbi.

Na esquina da Rua Puréus com a Rua Circular do Bosque, no Jardim Guedala, em frente ao Parque Alfredo Volpi, o veículo do empresário foi novamente atingido pelo outro carro. Neste local, os desconhecidos atiraram três vezes, atingindo braço e mão da vítima.

Claudio de Almeida recebeu os primeiros socorros no Hospital São Luiz, no Morumbi. A polícia não informou se ele foi ao hospital sozinho ou se recebeu ajuda. O empresário foi transferido para o Hospital Albert Einstein, na mesma região, onde permanece internado.

Dentro do carro de Almeida havia uma mochila com R$ 20 mil. O dinheiro não foi levado. Os homens que atacaram o empresário estão foragidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.