Empresa é notificada para limpar terreno do Pinheirinho, em SP

Local onde foi feita reintegração de posse tem restos de barracos, pneus velhos, animais mortos

estadão.com.br,

02 de fevereiro de 2012 | 19h58

SÃO PAULO - A Prefeitura de São José dos Campos, no interior de São Paulo, notificou nesta quinta-feira, 2, a massa falida da empresa Selecta Comércio e Indústria S/A para que providencie a limpeza completa do terreno do Pinheirinho no prazo de 15 dias. Cerca de 6 mil pessoas foram retiradas à força de suas casas na ação de reintegração de posse, no último dia 22 de janeiro.

No local, estão resíduos da destruição de barracos, pneus velhos, animais mortos e outros detritos que podem comprometer a saúde da população e se tornar focos de proliferação da dengue.

Hoje, aproximadamente 1.500 pessoas participam de uma manifestação a favor dos moradores do Pinheirinho. O grupo se reuniu na Praça Afonso Pena, em São José dos Campos para cobrar a desapropriação do terreno e reclamar sobre a suposta violência policial durante a reintegração.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.