Empresa e agência alegam busca de padrão internacional

MetrôRio afirma que os 19 novos trens chineses "estão dentro dos padrões de gabarito das estações"

O Estado de S.Paulo

17 Julho 2012 | 03h04

O MetrôRio afirmou que os 19 novos trens chineses "estão dentro dos padrões de gabarito das estações" e a redução da largura das plataformas de algumas paradas tem o objetivo de adequá-las a padrões internacionais - que não detalhou. Da mesma forma, a Agência Reguladora dos Serviços Concedidos de Transportes (Agetransp) disse oficialmente que "os novos trens estão de acordo com os gabaritos estáticos e dinâmicos do projeto".

Conselheiro da Agetransp, Herval Barros afirmou que as obras nas estações são feitas para evitar problemas com o seguro dos novos trens. "Algumas estações, principalmente as mais antigas, não estavam dentro do padrão internacional." /H.A.S. e M.G.

Mais conteúdo sobre:
metrôRio trens chineses

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.