Embu passa a ser oficialmente Embu das Artes

Desde ontem, a cidade de Embu, na Região Metropolitana de São Paulo, passou a se chamar oficialmente Estância Turística de Embu das Artes. A troca foi sancionada em lei pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e publicada no Diário Oficial.

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

08 de setembro de 2011 | 00h00

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou a mudança no dia 10. A prefeitura de Embu, no entanto, já adotava a nomenclatura desde maio - após um plebiscito realizado na cidade ter decidido pela troca. No pleito, 74 mil pessoas (66,48% dos votos válidos) votaram a favor do nome Embu das Artes. Outros 37 mil cidadãos (33,52% dos votos) optaram por manter a denominação.

O prefeito de Embu das Artes, Chico Brito (PT), era um dos defensores da troca. Ele disse durante a votação na Assembleia que, assim que o projeto fosse sancionado, uma das primeiras providências seria mudar as placas da Rodovia Régis Bittencourt e do Rodoanel Mario Covas, que indicam a entrada da cidade. Segundo Brito, muitas pessoas que procuram Embu das Artes, por causa do artesanato que tornou a cidade conhecida, se perdem. A gestão de Brito ainda ressaltou que a denominação passa a constar em todos os novos documentos emitidos no município, incluindo as placas dos carro. No entanto, não será necessário substituir os documentos antigos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.