Em votação de manhã, Assembleia aprovou reajuste

Em votação simbólica na manhã de ontem, a Assembleia Legislativa do Rio aprovou projeto de lei do governo que propõe antecipar reajustes salarias a policiais civis e militares, bombeiros e agentes penitenciários.

O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2012 | 03h02

Os aumentos serão concedidos em duas parcelas. A primeira, de 13%, será paga neste mês. Em fevereiro do ano que vem, o soldo será novamente reajustado, em 26%. Em 2014, o governo se compromete a conceder novo aumento, correspondente a duas vezes o índice de inflação do ano anterior.

O texto aprovado foi considerado um avanço até por deputados da oposição e parlamentares ligados às categorias.

"O menor salário de um soldado vai chegar a R$ 2,1 mil. Ano que vem, vai ficar na faixa de R$ 2,5 mil a R$ 2,6 mil e em 2014 será um pouco mais de R$ 3 mil", explicou o líder do governo na Assembleia, deputado André Corrêa (PSD). / ALFREDO JUNQUEIRA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.