Em vídeo, goleiro Bruno culpa o amigo Macarrão

Ex-goleiro do Flamengo afirmou durante sua viagem do Rio para Belo Horizonte que está 'chocado' com caso

, O Estado de S.Paulo

19 de julho de 2010 | 00h00

Saida do goleiro Bruno Fernandes e Macarrão para Penitenciaria Nelson Hungria, no último dia 8

 

Preso sob suspeita de envolvimento no desaparecimento de Eliza Samúdio, o ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes afirmou em vídeo divulgado ontem pelo Fantástico, da TV Globo, que está "chocado" com o caso. No vídeo, gravado durante a viagem do jogador do Rio para Belo Horizonte, onde está preso, Bruno diz desconfiar de que seu amigo Luiz Henrique Romão, o Macarrão, está envolvido no sumiço da garota.

 

Veja também:

linkCartão de débito prova que Bruno e amante ajudaram no sequestro

"Não sei o que deu na cabeça dele (Macarrão). Hoje, com todos os fatos que têm (contra ele), é difícil acreditar nele". E acrescentou: "Pelo que estou vendo, tudo em volta, tudo que está acontecendo, estou chocado."

Bruno contou que chegou a pensar que Eliza tivesse desaparecido para prejudicá-lo. "Fiquei com medo. Ela já tinha armado contra mim no Rio de Janeiro", disse o jogador no vídeo. Nas imagens, ele relata uma conversa que teve com Eliza, dando sinais de que pretendia reconhecer a paternidade da criança. "Eliza, onde come um, comem dois. Onde comem dois, comem quatro. Se o filho for meu... Pra mim, era tranquilo."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.