Em uma semana, Santa Catarina já registra 61 atentados em várias cidades

A crise no sistema de segurança pública de Santa Catarina já contabiliza 61 atentados nos últimos sete dias. Joinville permanece como cidade com o maior número de registros (13), seguida por Florianópolis (10). Pelo menos quase metade foi de atentado contra ônibus de transporte urbano. Ontem, houve uma tentativa de colocar fogo na casa do diretor do Presídio Regional de Chapecó. A polícia investiga integrantes da facção Primeiro Grupo Catarinense, que atua nos presídios do Estado. Apesar do problema, o prefeito de Florianópolis, César Souza Júnior, afirma que a cidade estará segura no feriado de carnaval. "Os lugares frequentados pelos turistas não são alvo de ataques."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.